24 novembro 2016

22 novembro 2016

Catarse ou Exorcizando




Estou exausta!
Segundo meltdown em 5 meses.
Este totalmente dirigido ao H.
Perdi o pé, deixei-me levar e só gritei as palavras que me saiam e doiam.
Exprimi a dor enorme que me invadiu, a que habita diáriamente comigo há 5 meses.
Deixei-me levar pela corrente e turbilhão das emoções totalmente avassaladoras. Não estou habituada a ser ou deixar-me ser assim. Assusta.
Assusta sentir tanto, sentir tão diametralmente oposto, não saber o que pensar.
Assusta-me o presente e o futuro.
Assusta-me ter magoado.
Assusta-me sobretudo não entender. Porque preciso tanto de entender tudo? Porque preciso de razões, de causas e efeitos?

21 novembro 2016

Grace & Frankie



O D e eu vemos a nossa série e depois é o meu tempo sozinha e divirto-me muito com esta outra
Adoro a luz desta casa com estas janelas fantásticas. Quero uma assim com uma mezzanine na próxima vida! 😍

17 novembro 2016

o mundo em aberto


dei com esta frase por aí, não li o livro «É proibida a entrada a quem não andar espantado de existir»
José Gomes Ferreira in "Aventuras de João sem medo"

não sei se podemos andar sempre espantados por existir, mas pretendo não perder essa qualidade de me espantar com o existir, com tudo e todos os que existem. ciclicamente recordo-mo


12 novembro 2016

T-shirts

Desdobrei a t-shirt e ... surpresa, atrá tinha mais


Como a outra


que por dentro também tinha mais


mas aqui era menos óbvio e na loja disseram-mo 😍



05 novembro 2016

Horta


Sábado


Comprei acelgas roxas, brócolos, alho francês, cebola, fava, alface roxa frisada e espinafres


Fui buscar pedras para marcar as culturas - necessidades de ignorante e questões de estética

Domingo




Todos os vizinhos são uma simpatia. Hoje ofereci alhos franceses e favas

Este vizinho é um mestre, muito a aprender com ele


03 novembro 2016

dos milagres ou da sábia natureza ...





...  36 anos depois deixei de ter rinite, assim de repente, só porque sim! ou foi com "a mudança de idade" ... ou foi o meu corpo que nesta fase percebeu não ía conseguir lidar com isso e as outras novidades e decidiu dar-me um respiro ... seja qual for a razão ou conjunto delas, estou MUITO FELIZ.
foram muitos anos de «não mata mas mói que se farta»
foram tantos anos que já fazia obviamente parte de mim, não era um problema, era mesmo "feitio".
e como ao bom nos habituamos depressa, só o outro dia reparei que não andava a tomar nada para controlar os espirros e hoje realizei em plena consciência que depois de uma péssima fase o ano passado e a ineficiência da homeopatia, agora - desde há uns 3 ou 4 meses - estou BEM, UAUUUUUUUUU
YESSSSSSSSSS

28 outubro 2016

segundo o Paulo Cardoso

assim em leitura online
«ASCENDENTE: PEIXES SIGNO CARANGUEJO
Uma característica do nativo de Peixes é não se identificar apenas com a humanidade mas com o Cosmo, para ele nenhum limite é aceitável. Esta influência de Peixes é bem aceite pelo Caranguejo, pois são ambos Signos de Água. Este Ascendente leva a uma propensão para se deixar levar pela vida, como por uma corrente. Como quem nasce Peixes se deixa influenciar pelo meio, quando ele se encontra num ambiente feio poderá perturbar-se e até adoecer. Nas mesmas circunstâncias, pela influência de Peixes, o Caranguejo terá reacções parecidas, mas menos acentuadas. No entanto, no seu íntimo é evasivo, pouco seguro de si e instável. Tendo já de si uma natureza sensível, pode ficar psicologicamente perturbado. Apesar disso no Caranguejo existe a tendência para o endurecimento e para a tenacidade, que podem ser utilizadas para reprimir e dominar as emoções. Poderá surgir a tendência para o misticismo e para a imaginação, nem sempre criadora. Esta dupla emotividade - sensibilidade pode dar origem a sentimentos altruístas e à generosidade. No Caranguejo a tendência para a auto-aceitação pode ser compensada pela sua grande ligação à família, que limita a dispersão psicológica. Este ser é uma pessoa amável, hipersensível, com uma susceptibilidade quase infantil. Extremamente romântico, sempre pronto a sonhar, a idealizar o objecto da sua paixão, é mesmo um pinga-amor, mas pode ter uma vontade fraca. O universo das mulheres atrai-o e sente-se à vontade nele. No caso de se tratar de uma mulher pode ser um tanto misteriosa. Esta combinação do Elemento Água desperta a natureza criativa, imaginativa e romântica. Trata-se de um indivíduo bem-humorado, sociável, apaixonado, mas volúvel e susceptível. A vida amorosa é muito importante para ele, pois sonha com o ideal de pessoa amada e é muito vulnerável ao encanto e à sedução. Todas as carreiras associadas à água lhe são favoráveis: indústria pesqueira, construção naval, mergulho em alto mar, marinheiro. Se for um indivíduo atlético poderá ser professor de natação, mas também poderá ser a pessoa que ajuda as pessoas que sofrem. O ramo da medicina também será excelente para ele, assim como o do petróleo e cervejaria. Atracção pelo Signo de Virgem.»

...portanto, eu devia mudar para o ramo do petróleo - vou procurar alternativas profissionais em bombas de gasolina já que o meu estômago não me deixa ser profissional de vela - e eu gostaria tanto!




27 outubro 2016

ciclos de comportamento ...




« ... cycles exist because they are excruciating to break. It takes an astronomical amount of pain and courage to disrupt a familiar pattern. Sometimes it seams easier to keep running in the same familiar circles rather than facing the fear of jumping and possible not landing on your feet.»
in "It ends with us" by Colleen Hoover

os ciclos são padrões de comportamento 
a personalidade, o carácter de uma pessoa não muda ... até certo ponto creio que não, mas não posso deixar de acreditar de que, pelo menos, se deve tentar entender a génese dos sentimentos que despoletam o comportamento X. O que faz com que instintivamente se reaja de certa forma? Aí pode, talvez possa haver margem e capacidade para mudança. Cada caso é um caso e depende da "gravidade" deles...
Não entrando nos ciclos de abuso e violência, outros ciclos de comportamento bem menos graves, podem ser explorados via análise e comunicação entre as partes, de forma a tentar sair deles - quando há amor e vontade

26 outubro 2016

o infante e eu temo-nos abraçado mais


é curioso, devemos sentir mais necessidade do que habitualmente de que haja toque entre nós.
é muito bom, sabe muito bem
mas talvez vá agora reparar que, se o porlongarmos, ainda será melhor ...

24 outubro 2016

mantras e escolhas


... porque está sol (ainda), porque a biópsia é boa, porque recebi mais um mimo de outra amiga, porque ... encontrei lugar para estacionar e ao longo do dia irei encontrando mais razões certamente